Ganhadores de loteria que fizerem o bem, veja histórias inspiradoras

Ganhar na loteria é o sonho de qualquer pessoa, principalmente, porque é possível realizar tudo o que sempre foi planejado e desejado durante a vida toda, mas faltava dinheiro para concretizar. 

Quando alguns ganhadores das principais loterias dos Estados Unidos faturaram grandes prêmios, eles decidiram fazer algo mais com seu dinheiro: ajudar pessoas e suas comunidades. 

Eles literalmente fizerem o bem com a fortuna conquistada e colocaram em prática projetos que contribuíram de diversas maneiras na vida de inúmeras pessoas. Algumas motivações foram mais passionais, como a perda de um ente querido, mas o resultado em si é comovente.

O Sorte Online apresenta algumas histórias inspiradoras de ganhadores da loteria, confira.

De trabalho voluntário a fundação 

Pearlie Mae Smith criou seus sete filhos com o cuidado de ensinar a importância de ajudar a comunidade, tanto que todos faziam trabalho voluntário, como a distribuição de sopas e em cuidados em hortas comunitárias. 

Quando a família ganhou US$ 429 milhões no loteria Powerball, ficou claro para todos que era hora de ajudar ainda mais as pessoas de sua cidade. 

O prêmio foi dividido entre os oito integrantes da família, mas nem todos largaram seus empregos. Uma das filhas decidiu continuar seu trabalho de mentoria de outras mulheres e agora teria dinheiro suficiente para melhorar o programa. 

Com isso, eles criaram a Fundação Família Smith, que fornece financiamento para organizações que atuam para beneficiar a vida de pessoas de sua cidade natal, Trenton, em Nova Jersey. São priorizadas ações voltadas para educação, desenvolvimento da comunidade e apoio a jovens e famílias mais carentes. 

Diversão para crianças

O professor de ensino médio Les Robins ganhou US$ 11 milhões na loteria Powerball e usou parte do dinheiro para acabar com um grande incômodo que o acompanhava: ver tantas crianças que não podiam desfrutar de atividades que ele próprio vivenciou na infância, como acampar, nadar e praticar esportes.

Por isso, decidiu usar parte do seu prêmio para criar seu próprio acampamento e trazer alegria e diversão para muitas crianças e jovens. 

Robins comprou um imenso terreno e criou o Camp Winnegator, onde era possível passar o verão realizando diversas atividades recreativas, como andar a cavalo, nadar e brincar no lago, praticar diversas modalidades esportivas e ter contato com a natureza.

Fundação para saúde

Sheelah Ryan faturou US$ 52 milhões na Loteria Estadual da Flórida e passou seus últimos anos de vida dividindo a fortuna com pessoas menos privilegiadas.

Para ela, havia uma razão para ganhar na loteria e o motivo era bem claro: ajudar outras pessoas de sua comunidade.

Ryan teve apenas seis anos para aproveitar seu prêmio antes de morrer de câncer, contudo, deixou um legado especial para inúmeros moradores de sua cidade. 

Ela criou a Fundação Ryan, que concede subsídios a organizações para construção de moradias de baixo custo, além de ajudar crianças que precisam de operações e não possuíam condições para pagar e ainda contribuiu para melhorar a vida de idosos de seu condado. 

Neta inspiradora 

O casal Sue e Paul Rosenau conquistaram o prêmio de US$ 181,2 milhões em um sorteio da loteria Powerball e, sem dúvida alguma, eles sabiam como usar esse dinheiro. O grande sinal veio justamente na data da compra do bilhete premiado: cinco anos da morte de sua neta Makayla, que sofria da doença de Krabbe, uma enfermidade rara e incurável.

A doença afeta um em cada 100 mil recém nascidos e não recebe financiamento para pesquisas como a maioria das doenças comuns. Krabbe é uma doença degenerativa, que ataca o revestimento dos nervos e costuma resultar em morte nos dois primeiros anos de vida. 

Após terem vivido esse sofrimento na pele, Sue e Paul fundaram "O Legados dos Anjos", uma instituição que visa aumentar a conscientização sobre a doença e ainda financia pesquisas promissoras para tratamento e cura. O casal atua na direção da fundação.

Doação total

Esta é uma história surpreendente e aconteceu no Canadá. Tom Crist ganhou US$ 40 milhões na loteria e tomou uma decisão única: doou todo o dinheiro para a instituição Calgary, com o objetivo de combater o câncer, doença que matou sua esposa.

Dois anos antes de ser premiado, Tom perdeu sua mulher Jan, de apenas 44 anos. Aposentado, com dinheiro economizado durante a vida toda e ainda com filhos adultos que também tinham uma boa condição financeira, Tom decidiu doar todo o seu prêmio e foi apoiado pela família. 

Onde apostar na loteria

Achou estas histórias inspiradoras? Pois o primeiro passo para ganhar na loteria e poder também destinar o prêmio para uma boa causa é apostar, claro. 

No Sorte Online, é possível apostar sem sair de casa na loteria de sua preferência. O grande prêmio neste mês de junho é do sorteio da Quina de São João 2020, que está estimado em R$ 140 milhões. 

O concurso acontece neste sábado (27), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo (SP), a partir das 20h.

Para jogar na Quina de São João, basta escolher de cinco a 15 números entre os 80 disponibilizados no volante. 

Além disso, há bolões do Sorte Online, que ajudam a aumentar as chances de ganhar sem que seja necessário gastar muito por isso. Há bolões que podem garantir premiações secundárias ou ganhos multiplicados, tudo isso a partir de R$ 10.

O prêmio da Quina de São João não acumula, por isso, é certeza que um ou mais sortudos vão mudar de vida neste sábado. 

Ganha quem acertar os cinco números sorteados, caso isso não aconteça, a bolada vai para quem fizer quatro acertos. Também leva dinheiro para casa quem marcar três e dois pontos. 

Você pode conferir o resultado da Quina de São João 2020 no Sorte Online, logo em seguida do sorteio.